Vicky Cristina Barcelona

13/06/2011 § Deixe um comentário

Doce Deleite

     Aos 73 anos, com uma filmografia extensa e uma produção anual contínua é de se esperar que com o tempo, Mr. Woody Allen alternaria altos e baixos. Depois da trilogia inglesa que começou com o brilhante Match point, o razoável Scoop e por fim, o bem fraquinho O sonho de Cassandra, o diretor preferido da “tchurminha cult” provou com este Vicky Cristina Barcelona que ainda pode fazer o público se deleitar com suas ótimas histórias, cheias de tiradas sagazes e diálogos inteligentes.

continue lendo

Onde os fracos não têm vez

30/05/2011 § Deixe um comentário

A vez dos Coen

     O Oscar 2008 foi atípico. Para começar foi precedido por três intermináveis meses de greve do sindicato dos roteiristas, ameaçando o acontecimento da tradicional cerimônia do Kodak Theater. Nenhum ator norte-americano foi premiado, nem como coadjuvante. Fato inédito, já que o Oscar nada mais é do que a indústria hollywoodiana premiando a si mesma. Na categoria melhor roteiro original, nada de dramalhões. A estatueta careca foi para a comédia indie espertinha, Juno. Nada de Spielberg, Scorsese ou Clint Eastwood, nenhum dos usuais concorrentes estava na disputa. E o grand finale, os prêmios de melhor filme e diretor foram para os irmãos Joel e Ethan Coen.

continue lendo

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com javier bardem em Cinédoque.