Festival do Rio 2011 – Inquietos #pocket

06/11/2011 § Deixe um comentário

     Inquietos nos lembra que antes de dirigir Paranoid Park, Elefante e Last Days, Gus Van Sant dirigiu Gênio indomável e Encontrando Forrester. Diferente de suas últimas produções, Restless (no original) é um ótimo filme para Sessão da Tarde. Que fique claro aqui que nada tenho contra a programação dessa faixa, pelo contrário, Goonies, Karatê Kid e Lagoa azul são clássicos da infância de toda uma geração nascida no final dos anos 70 até meados dos 80, justamente porque passavam repetidamente no programa da TV Globo. Desde Milk, Gus deixou o experimentalismo um pouco de lado, apesar de ter mantido em sua obra atual a temática envolvendo os conflitos do universo adolescente. Fora isso é muita fofura e clichês mil, que vão do primeiro beijo ao amigo imaginário. A cena do casalzinho jovem deitado no asfalto sobre o contorno de seus corpos marcados com giz, sugerindo uma cena de crime é instantaneamente memorável assim como Ferris dançando Twist and shout na parada de rua está para Curtindo a vida adoidado. O tema mórbido não será empecilho para as crianças, pois é tratado com doçura. O casal formado pela paciente com câncer de Mia Wasikowska e pelo menino com atração por enterros de Henry Hopper é um mimo. A trilha sonora é gostosa e o figurino é coisa fina de brechó. Em alguns momentos se ri, em outros os olhos marejam. Mais uns 3 ou 4 anos já vai estar passando depois do Vale a Pena Ver de Novo, pode esperar.

Top 10 Repescagem – Festival do Rio 2011

21/10/2011 § Deixe um comentário

     Para quem não conseguiu assistir nada ou quase nada no Festival do Rio, mas quer aproveitar essa última chance e continua sem saber o que ver, o Cinédoque fez um top 10 para te ajudar. Lembrando mais uma vez que o foco são filmes inéditos. continue lendo

Apostas para o Festival do Rio 2011

11/10/2011 § 1 comentário

 

     Demorou um pouquinho, mas está aí! Afinal, estudar 350 sinopses não é tarefa rápida. Ainda estamos no inicinho da maratona, corre que dá tempo de acompanhar. Abaixo está o top 20 do Cinédoque para o Festival do Rio 2011. Lembrando que se tratam de apostas baseadas no que li, ouvi falar, um pouco de conhecimento e feeling. Os filmes são tão inéditos para mim, quanto para vocês. E também é importante dizer que o foco da lista são as produções inéditas. Aproveitem e boas sessões!

continue lendo

Paranoid Park

29/05/2011 § Deixe um comentário

No universo imagético de Gus Van Sant

     Alex é um skatista de 16 anos, que vive em Portland, Oregon, e um dia resolve conhecer mais de perto a perigosa e por isso, famosa pista de skate Paranoid Park, onde acidentalmente mata um segurança. Essa é a premissa do último filme do cineasta americano Gus Van Sant, baseado no livro homônimo de Blake Nelson, e que lhe rendeu uma indicação a Palma de Ouro e o prêmio pelo 60° aniversário do Festival de Cannes.

continue lendo

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com gus van sant em Cinédoque.